ADICIONE O BLOG SMM AOS FAVORITOS! OBRIGADO PELA SUA VISITA E LEITURA!

NOVIDADE!

NOVIDADE!

Nota:O formato PDF dos livros acima pode ser acessado em qualquer plataforma, inclusive Windows, Mac OS e plataformas móveis como Android e iOS para iPhone e iPad.

Os posts mais lidos viraram livros e não estão mais disponíveis no blog.

DESDE 2010. ANO VI. MAIS DE 2.000 POSTS.

GUEST POST NO ESCREVA LOLA ESCREVA

CURTA NO FACEBOOK


E-MAIL
sindromemm@gmail.com

17 setembro 2013

Onde moram as mulheres que são ''sustentadas''

Hotel em Mônaco onde as ''sustentadas'' dormem
                         




Bolinhos da tarde que as ''sustentadas'' comem

Meus pais cresceram nos anos quarenta, época onde criança não ficava na sala escutando conversa de adulto. Eles ficaram traumatizados com isso e resolveram que nunca fariam isso com os filhos, seríamos livres de escutar tudo, o que é um erro absurdo, porque crianças não podem ainda entender tudo o que está sendo dito e nem tudo que era feito antigamente era ruim, muitas coisas tinham seus motivos e essa é uma delas, lugar de criança é com outra criança, não escutando conversa de adulto.
Uma das histórias que escutei foi sobre um casal de amigos. Ele trabalhava e ela parou de trabalhar para cuidar dos três filhos. Mas o marido dizia que ela era ''sustentada'' e um dia no meio de uma reunião familiar disse na frente de todos que ela era ótima, mas péssima de panelas, que só sabia cozinhar o básico.

Minha mãe estava nessa reunião e disse que ela virou e respondeu;


- Meu bem, se sou péssima nas panelas e só cozinho o básico é porque você não coloca dinheiro suficiente em casa para comprar comida variada, quer mais do que arroz e feijão? Trabalhe mais.

E todos ficaram sem saber o que dizer, mas ela era conhecida por ser assim, explosiva, falava as coisas sem pensar.

Um dia o marido ligou para minha mãe perguntando pela esposa e minha mãe não sabia o que tinha acontecido.

Dias depois tudo se resolveu. Em uma briga de casal o marido chamou a mulher novamente de ''sustentada'', ela pegou os três filhos, largou na casa da mãe e viajou sozinha para Mônaco. Ficou dias sem avisar, até que conseguiram achar ela lá pelos cartões de crédito. Ele foi buscar e ela voltou.

Minha mãe não se conformou e perguntou a ela o que ela foi fazer sozinha em Mônaco e ela disse;


-Mas não sou uma sustentada? Então, estava apenas vivendo como uma, o dia inteiro na beira da piscina.

Quando essa história chegou aos meus ouvidos era um relato sobre uma mulher maluca, irresponsável e filha da puta que não valorizava o homem que tinha em casa. Foi pra Mônaco porque com certeza estava de TPM (tensão pré-menstrual) ou tinha um amante lá, porque só vadia larga os filhos e vai embora.

Hoje sei que ela tinha uma alma revolucionária, estava certa no que fez. Porque minha mãe conhece ela há anos e ela era como milhões de mulheres, parou de trabalhar porque mesmo com dois salários não podiam pagar babá para os filhos, ela ficou em casa e se responsabilizou por tudo, sacrificando suas coisas para que o salário do marido pudesse cobrir as despesas.

Mulher que fica em casa e trabalha ali cuidando das crianças é uma mulher parceira que cumpre com suas obrigações, não é uma mulher ''sustentada'', pelo contrário, eu diria que é da categoria ''explorada'' ,porque os homens fazem o mínimo em uma casa e agora estão com essa nova febre de colocar o pouco dinheiro ou quase nada, porque eles têm despesas com seu churrasco e futebol com os amigos.

É injusto agredir assim a esposa e quem faz isso merece todo o desprezo do mundo, quem conhece o trabalho que uma casa dá sabe que é mais do que o trabalho lá fora.

E mulher sustentada não é a mulher que acorda em uma casa e tem que correr  para cozinhar e levar as crianças na escola, essa não é, mulher sustentada é aquela que acorda de manhã em Mônaco, toma café a beira da piscina do Hotel de Mônaco e sai pra comprar o que quiser, sem se importar que ali tudo custa três vezes mais. Essa é a mulher sustentada, se estiver fazendo isso com o dinheiro do marido, porque se for seu dinheiro é outra coisa.

E essa amiga da minha mãe não errou, porque o marido foi trabalhar mais e virou um dos homens mais ricos da cidade.
Se o homem quiser chamar a mulher de ''sustentada'' que seja homem mesmo e banque isso, que mande a mulher a Paris para gastar. Mas ficar escutando isso de um medíocre que não paga mais do que a conta de luz nenhuma mulher merece.
Obrigação de homem em uma casa não é a mesma coisa que sustentar a mulher. Acordem mulheres.

Iara De Dupont


Um comentário:

Anônimo disse...

Se sustentada é um ofensa, pq sustentam? Isso é tão legal, que cara nenhum quer ser sustentado, aliena a mulher a ser, pq é "melhor pra elas"...

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...