CLIQUE AQUI PARA ME ADICIONAR AOS SEUS FAVORITOS!!

Mais de 1.400 posts desde 2010 - Ano IV

Guestpost no blog Escreva Lola Escreva

Me adicione no Facebook

22 junho 2013

Protestos no Brasil:estudantes de elite estão com nojinho






Precisa disso?Quem teve aulas de política?
Desde que a família real chegou aqui ficamos condenados aos nossos sonhos de pertencer a elite a qualquer custo,isso afastaria de nós qualquer contato com a ralé.
E isso hoje nos atormenta mais que ontem.

Eu já contei uma história aqui mil vezes,fui a um evento de um sindicato e me irritei com o comportamento de umas pessoas,então procurei o coordenador e disse isso.Ele me deu uma grande lição,dessas que vou levar pra toda a vida.Me disse que eu não havia nascido educada e se eu sabia me comportar em um evento era porque alguém me ensinou isso,então em vez de reclamar de quem não sabia fazer isso eu deveria voltar a sala e ensinar a todos o que alguém um dia me ensinou.

E comecei a pensar sobre isso.É verdade,eu tive privilégios na vida,meus pais me ensinaram a comer,a me comportar,a falar.Por tanto não posso e não sou ninguém para julgar quem não sabe fazer isso.

E os protestos mostram um Brasil que eu odeio,um Brasil elitista,nojento e dominante.
Nos últimos dias começaram reclamações sobre o que se considera o `manifestante otário ´.Listas foram feitas no Facebook,sobre esses otários que saem as ruas e nem sabem o que querem.E quem fez essa lista?Ora,os alunos politizados das Universidades públicas,que apenas entraram na universidade porque vem de colégios particulares e barriga cheia.E estão lá aprendendo seus direitos e deveres,sabem muito bem o que é política,mas não aprenderam isso na televisão,foi na sala de aula e quando saem as ruas topam com uma massa que não sabe as mesmas coisas e o que eles fazem?Desprezam,tiram sarro,têm nojo,o mesmo que os pais deles têm.São mais reaças que todos os reaças assumidos,mas não se sentem assim,porque são politizados.

E o nojinho deles não consegue parar.Estão no Facebook,falando horrores.Eu fui uma das pessoas que não quis bandeiras de partidos porque vi bandeiras da oposição e pensei que naquele momento isso levantaria os ânimos,fiquei com medo que a oposição fosse oportunista e desse a entender ao mundo que nós todos estávamos ali para derrubar a Presidente Dilma que representa um partido.Em um protestos todos são livres para carregar suas bandeiras,mas não é por isso que se pode negar a existência do oportunismo.Era a hora errada,naquele momento havia um movimento de quem começa a andar,primeiro se levanta e tenta caminhar,depois se corre.Nunca os brasileiros tinham feito um protesto tão grande e confusões de carregar ou não bandeiras eram mais do que esperadas,até porque para saber sobre isso se precisa de educação política e a grande maioria ali não tinha.Não é questão de defender seu partido ou não,mas era grande a confusão e ignorância e essa mistura poderia ter acabado em uma trágedia,apenas porque não todos entendiam muitas coisas ditas ali.As pessoas não sabem da importância de se identificar com um partido,se unir a ele e representar ele em uma manifestação,ainda somos crianças que acabam de aprender a usar a voz,que até ontem nem sabíamos que tínhamos.

Ora,mas todos somos seres políticos e partidos são necessários para a construção!Concordo com tudo isso,mas vamos fazer as contas de uma maneira justa.Cada um que carregue sua bandeira,mas não estavam todos preparados para isso.
O protesto começou pela redução da tarifa e de repente cresceu.Alguém sabia que isso ia acontecer?Não,todos fomos pegos de supresa.

Eu não saí as ruas nos primeiros protestos por medo da polícia e só decidi sair para fazer volume,porque queria deixar claro que a polícia não ia me tirar o direito de protestar.Se eu soubesse que tudo ia crescer tanto eu teria me organizado e lutado pelos meus direitos como mulher,que no momento são bem claros,não seriam apenas cartazes pedindo justiça.
Mas não tive tempo,não me organizei,não desenhei um projeto para ser entregue a Presidente.E sei de amigos que pensam assim também.Nunca imaginei que ela iria responder,se eu soubesse disso desde o começo teria me cordenado com outros movimentos para facilitar o trabalho dela e entregar em mãos projetos do que todos queremos.

Então as pessoas se viraram no pulo e colocaram em alguns cartazes-Chega de corrupção!
E agora no Facebook gente que usou esses cartazes é chamada de
`otária ´,porque não reclamou por nada específico,virou massa de manobra para a galera politizada.

E esse desprezo vem dos garotos classe média e ricos que freqüentam universidades que eu pago e são educados na política,eu nunca tive aula de política nem de direitos,anatomia ou economia na escola.Eles são bem educados politicamente para dirigir o país,mas não para ter compaixão e entender que todos estão tentando aprender alguma coisa.Eles vivem no seu mundinho burguês e não sabem as condições do sistema educacional,não sabem de pessoas que crescem sem nunca ter ido ao teatro,ao cinema,sem nunca ter comprado um livro,porque não tinham acesso.

Mas agora têm!Ora e do que serve o acesso se ninguém te ensina?Eu aprendi desde pequena a comprar livros,mas não foi mágica,me ensinaram,do que adianta entrar em uma livraria para comprar se ninguém te orienta o que ler,ou como começar a procurar o que te interessa?

O Brasil é um bebê politicamente,o que se esperava?Que milhões saíssem a ruas e se comportassem como estudantes suecos,com projetos na mão?Quem saiu as ruas quis mudar alguma coisa,quis fazer alguma coisa,mas não sabia como e agora são detonados por esse elite estudantil que se acha melhor do que eles,apenas porque nasceram em famílias ricas.O coronelismo disfarçado de aluno politizado,perfeito,bom saber.

Não somos um povo educado,não sabemos do nossos direitos e quem saiu a ruas quis mudar,não foi de besta,não foi de otário.Mas não sabiam nem seus direitos!Exato,as pessoas não sabem seus direitos,porque não freqüentam universidades públicas,porque elas não são abertas a pobres,apenas a ricos,para continuar mantendo o poder entre eles.

Fiquei magoada,chateada de ver tanta intolerância,tanta má vontade,tanto nojinho por pessoas que estavam ali,mas sem orientação política,sem saber como se expressar,só por isso hoje são motivo de ódios dos estudantes politizados.

Essa rachadura marca e define o Brasil,a elite com nojo dos pobres e o resto do país tentando se expressar,pode ser uma maneira tosca,podem ter errado nos cartazes,mas onde iriam aprender?

E teve gente que disse que todos os `manifestantes otários ´cantavam o hino nacional.Ah,mas era pra cantar o que?A música que vocês escutam nas suas baladas de sertanejo universitário?Me desculpem,eu não sei cantar Michel Télo.

Ah,bando de trouxas que são massa de manobra!E eu ouvi isso,principalmente porque poucos ali sabiam explicar o que era partido,democracia partidária,direitos,anarquismo,poucos sabiam dizer o que era e os estudantes da faculdade pública que eu pago não gostaram de se de misturar com os pobres e ignorantes.Se querem ajudar o país então se ofereçam para dar aulas de política a um povo que não sabe,que está abandonado em tudo e não tem nem uma biblioteca.

Querem fazer protestos sozinhos,apenas entre gente deles,dá nojinho misturar.Hoje escutei de um deles que esse pessoal que sai as ruas com cartazes pedindo o fim da corrupção ou paz,atrapalham os protestos!
Me desculpem,sugiro então que vocês usem o princípio da elite,coloquem pulserinhas vips e decidam quem pode ou não entrar em um protesto.

E quem não sabe nada de política,mas tenta protestar não passa pra eles de massa de manobra.É,eu sei bem quem está manobrando essa massa e quem começou a linha que o governo atual segue,parece que foi um presidente que saiu de uma faculdade pública,mas que coisa né?Esses estudantes nem cresceram e já estão sedentos pelo poder e reclamando dos pobres.

Iara De Dupont (Sindrominha)

Nenhum comentário:

Leia outros posts....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...